Moda

Xuxa e beijo lésbico dão o que falar em desfile da marca The Paradise

A marca Yes, Brazil movimentou a moda jovem do Rio de Janeiro nos anos 1980. Foi para a grife carioca criada por Simão Azulay (1950-1988) que a apresentadora Xuxa Meneghel desfilou pela primeira vez, aos 18 anos. Nessa quinta-feira (12/09/2019), a Rainha dos Baixinhos voltou à passarela para celebrar os 40 anos da label, encerrada em 2006. Quem promoveu a homenagem foi a marca The Paradise, comandada pelo filho do estilista, Thomaz Azulay. Para o trabalho de verão, ele se inspirou no legado do pai. Os looks dividiram espaço com os bafões da noite. Entre eles, um beijo do casal Monique Evans e Cacá Werneck. Segundo o blog de Leo Dias, rolou até cheiro de maconha no evento.

Vem comigo saber mais!

Depois de posar para a campanha da coleção, Xuxa foi a responsável por abrir o desfile. As peças da Yes, Brazil fizeram parte de sua trajetória, incluindo um item bem conhecido em décadas passadas.

“A bota branca tão marcante no meu figurino foi criada pelo Simão. Fui assinar o contrato com a TV Globo e fotografei o meu primeiro postal usando a marca”, disse no comunicado.

A apresentadora também está completando 40 anos de carreira. Seu primeiro look no desfile foi um vestido curto, com decote quadrado e mangas 3/4. Abotoado na frente, o modelito era colorido e decorado com paetês.

Já no segundo visual, a Rainha dos Baixinhos surgiu em um conjuntinho jeans com lavagem retrô. A jaqueta foi usada aberta, com pele à mostra. Na parte da frente e de trás, assim como nas laterais da calça, patches em referência à marca carioca.

Monique Evans, outra musa da grife na década de 1980, desfilou com um conjuntinho estampado. Durante a volta na passarela, aproveitou para dar um beijo na DJ Cacá Werneck, sua namorada, que assistia a tudo na primeira fila.

Zé Takahashi/FOTOSITEXuxa Meneghel estreou na passarela aos 18 anos, em um desfile da Yes, Brazil, marca carioca fundada por Simão Azulay. A label do filho de Azulay, The Paradise, fez uma coleção em homenagem ao legado do estilista. Xuxa posou para a campanha e desfilou para a grife nessa quinta-feira (12/09/2019)

A apresentadora abriu e encerrou o desfile. Este look jeans foi usado no encerramento
ZÉ TAKAHASHI/FOTOSITEZé Takahashi/FOTOSITE
Monique Evans, outra musa da Yes, Brazil nos anos 1980, também cruzou a passarela
ZÉ TAKAHASHI/FOTOSITEZé Takahashi/FOTOSITE
Ela aproveitou para trocar um beijo com a namorada, Cacá Werneck, que acompanhava tudo na primeira fila

ZÉ TAKAHASHI/FOTOSITEZé Takahashi/FOTOSITEVeluma desfilou com um caftan estampado

casting também teve nomes como Carla Barros, Veluma, Luciana Silva e Walter Rosa. Desenvolvido por Thomaz Azulay e Patrick Doering, o novo trabalho da The Paradise resgata e reedita referências do legado da Yes, Brazil. Entre elas, estampas e modelagens que passeiam entre o vintage e o contemporâneo. Entre os looks masculinos, há macacões, shorts, sungas, camisas e calças leves.

O beijo não foi o único momento comentado da noite. Segundo o jornalista Leo Dias, os convidados sentiram um aroma suspeito no ar durante o evento. O cheiro viria de um cigarro de maconha de uma senhora na fila A. As tragadas teriam acompanhado toda a apresentação. Nada mais anos 1980!

ZÉ TAKAHASHI/FOTOSITEZé Takahashi/FOTOSITE
Estampas divertidas e pop marcaram os primeiros looks do desfile
ZÉ TAKAHASHI/FOTOSITEZé Takahashi/FOTOSITE
Macacão fluido e despojado, com cores bem brasileiras
ZÉ TAKAHASHI/FOTOSITEZé Takahashi/FOTOSITE
Vestido jeans com decote quadrado

Simão Azulay, que morreu em 1988, fundou a Yes, Brazil em 1979. A label ficou conhecida pelo trabalho diferenciado com jeans, maximalismo, a estamparia pop e os detalhes customizados. Uma exposição com roupas, objetos, móveis e fotos do legado de Azulay recepcionou os mais de 700 convidados da noite dessa quinta-feira (12/09/2019).

O evento fechado teve como endereço o recém-inaugurado Hotel Fairmont, em Copacabana, no Rio de Janeiro. Gloria Maria, Lenny Niemeyer, Juliana Paes e Cláudia Ohana foram algumas das convidadas para a noite.

A banda Blitz embalou hits da década de 1980, enquanto Gilberto Gil e os Gilsons se encarregaram de encerrar a noite com um pocket show. O ator Jonathan Azevedo cantou O Tempo Não Para, sucesso de Cazuza, e fez um discurso em prol do amor.

ZÉ TAKAHASHI/FOTOSITEZé Takahashi/FOTOSITE
Xuxa e Gilberto Gil

The Paradise

A dupla Thomaz Azulay e Patrick Doering fundou a The Paradise em 2014. Azulay havia deixado a direção criativa da Blue Man e estava em busca de uma proposta autoral e cheia de personalidade. Desde então, a marca trabalha com coleções de edição limitada, genderless e com um olhar artístico nas estampas.

 

 

 

 

com metropoles

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais popular

T O P O