Vídeos

VÍDEO: Cássio Cunha Lima diz que irá combater métodos ilícitos de vitória nas eleições

O senador Cássio Cunha Lima fez pronunciamento no Senado Federal e garantiu que irá combater métodos ilícitos utilizados por alguns candidatos para chegar a vitória nas eleições. Cássio defendeu a auditoria nas urnas eletrônicas e disse que o sistema do TSE não pode ser avaliado como “valor absoluto” inquestionável.

O pronunciamento de Cássio foi dado como aparte na fala de Aécio Neves, após retorno dos trabalhos no Senado Federal. Cunha Lima garantiu que irá combater métodos ilícitos de vitória de candidatos: “o que estamos aqui de forma muito nítida e continuaremos fazendo, seja na disputa nacional seja nas disputas estaduais, é combatendo métodos com os quais se alcança a vitória. Repito, ganhar e perder eleição faz parte do jogo democrático, o que estaremos combatendo com altivez são os métodos”, disse.

O senador paraibano questionou o sistema de apuração dos votos brasileiro e criticou a impossibilidade de realização de auditoria: “para corrigir distorções maldosamente criadas na manutenção da prática da mentira pós resultados das eleições, o PSDB não questionou o resultados das eleições, mas a sociedade brasileira não pode ter dúvidas quanto a lisura do pleito. Esse é um debate que o Congresso nacional deve manter com a própria Justiça Eleitoral com a sociedade como um todo, nós não podemos continuar vivendo com um sistema de apuração de sufrágio que seja inauditável, que seja absolutamente imune a auditoria”, pontuou.

Cássio censurou os que não querem auditoria e comparou a urna eletrônica aos “valores absolutos” instituídos pela sociedade: “Imagina se essa eleição tivesse sido resolvida por um voto ou por dois, como auditar o sistema? Como permitir uma recontagem, quer dizer então que a urna eletrônica se transformou num valor absoluto que não pode ser alvo de um debate, uma discussão? No Brasil agora é, como valores absolutos, a vida, a liberdade e a urna eletrônica?”, comparou o senador tucano, ao afirmar que ampliará o debate sobre as urnas eletrônicas no Senado Federal.

Polêmica Paraíba

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais popular

T O P O