Política

Vereadores lamentam tumulto ocorrido no Plenário da Casa Napoleão Laureano

Presidente Marcos Vinícius (PSDB) afirmou que a Câmara não será usada para interesses particulares e escusos.

A Sessão Ordinária desta quarta-feira (17), na Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) foi curta, em função da Audiência Pública para discutir a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), iniciada na sequência. Mas antes de encerrar a reunião, o presidente do Legislativo pessoense, vereador Marcos Vinícius (PSDB), em nome da Câmara, lamentou o tumulto ocorrido ontem no Plenário Senador Humberto Lucena.

“A Câmara é e será, sempre, o palco de grandes discussões. Aqui é a Casa do Povo, mas jamais iremos permitir baderna, agressão e insegurança à instituição e aos seus visitantes”, pontuou o presidente, lembrando que, em novembro, a Câmara irá celebrar 70 anos de fundação. “A Câmara merece respeito e jamais iremos permitir que esta instituição seja usada para interesses particulares e escusos”.

Marcos Vinícius concluiu, informando que foi convocada uma reunião da Mesa Diretora para esta quinta-feira (18), no Gabinete da Presidência, com a presença dos líderes das bancadas de situação e oposição, respectivamente os vereadores Helton Renê (PCdoB) e Bruno Farias (PPS).

Requerimentos

Durante a sessão, os vereadores de João Pessoa aprovaram 94 requerimentos e duas indicações. Entre os requerimentos, há um da vereadora Eliza Virgínia (PSDB) solicitando a mudança de endereço do prédio que realiza o atendimento do Programa Bolsa Família, em João Pessoa.

Em sua justificativa, a vereadora argumentou que a população da Capital tem enfrentado dificuldades desde que o posto de atendimento aos beneficiários do Bolsa Família mudou do Centro para o bairro de Mangabeira, “fazendo com que os moradores de bairros distante sintam dificuldade para ter acesso ao local”.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais popular

T O P O