Economia

Vale despenca na bolsa e perde R$ 71 bilhões em valor de mercado

O principal indicador da bolsa brasileira, a B3, fechou em queda nesta segunda-feira (28), puxado pelo recuo de 24% das ações da Vale. O mercado reagiu na primeira sessão após o rompimento da barragem da mineradora Vale em Brumadinho (MG) na sexta-feira (25), quando a bolsa não operou em razão do feriado de São Paulo.

O Ibovespa caiu 2,29%, aos 95.443 pontos.

No entanto, apesar da queda, analistas apontam que a tendência para o Ibovespa em um prazo mais longo ainda é positiva. “A visão para o Ibovespa segue positiva”, disse ao Valor Online Victor Candido, economista-chefe da Guide Investimentos. “Mexe um pouco com as projeções no curto prazo, mas nada que provoque revisões nas projeções para o Ibovespa no fim do ano”.

Além da reação do mercado ao incidente com a barragem, o cenário externo desfavorável também pesava sobre o desempenho da bolsa brasileira, com temores a respeito do ritmo da economia global e quedas no setor de commodities, como o petróleo.

As ações

As ações da Vale (VALE3) chegaram a entrar em leilão no início da sessão. Com o forte recuo desta segunda, a empresa perdeu R$ 71 bilhões em valor de mercado, segundo a Economatica.

A mineradora tem peso de 11,39% na composição do Ibovespa. As ações do Bradespar, acionista da Vale, caíram 24%.

As preocupações sobre a Vale também afetam os papéis da empresa no exterior. Pela manhã, chegaram a recuar 16% no pré-mercado(negociações antes da abertura do pregão) da bolsa de Nova York (ADRs). Na sexta-feira, caíram 8%.

G1

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais popular

T O P O