Educação/Cultura

UFCG é afetada por crise e recursos para manter instituição só duram até outubro

UFCGA crise chegou à Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) e o corte de cerca de 10% nos recursos destinados às instituições de nível superior anunciado pelo governo federal preocupa o reitor Edilson Amorim.

Segundo ele, o corte linear do orçamento fez com que a UFCG ficasse com o orçamento igual ao de 2014, apesar dos aumentos das tarifas de água, luz, telefone, combustível, aluguel, e sobretudo, pagamento de folha de pessoal.

Edilson Amorim disse que está priorizando o pagamento salarial de terceirizados e bolsas estudantis.

Ele também adiantou que a partir do mês de novembro, a Universidade deve entrar no ‘cheque especial’. Nos meses de novembro e dezembro, a UFCG deve fazer empenhos com recursos previstos para o orçamento de 2016.

Portal S1

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais popular

T O P O