Educação/Cultura

UEPB: Professores tiveram o vínculo com a universidade encerrado

O presidente da Associação de Docentes da Universidade Estadual da Paraíba (Aduepb), Nelson Júnior, afirmou que lamenta o encerramento do contrato dos professores substitutos da instituição.

Cerca de 400 professores tiveram o vínculo com a universidade encerrado, o que equivale a 30% do quadro dos docentes.

Nelson frisou que a Aduepb tem se empenhado para ajudar a categoria e destacou que vai haver uma reunião com a reitoria da UEPB nesta terça-feira, 16, para discutir o assunto.

– Nós não podemos fazer com que esses professores simplesmente saiam da universidade. Quando sairmos da greve ainda teremos mais um mês de aulas e precisamos contar com esses colegas para concluirmos o semestre. É muito negativo interromper o semestre dessa forma. É fundamental encontrar saídas que garanta esses professores nas suas atividades. Essa decisão tem que ser tomada pela reitoria, pelo governo do Estado, para encontrar uma saída. Esses contratos deveriam ser renovados – pontuou.

Nelson relatou que alguns desses professores estão há mais de seis anos atuando na UEPB e que em alguns campi o número de professores contratados é maior do que os efetivos.

Ele ponderou que a categoria está se mobilizando junto ao Ministério Público e Assembleia Legislativa para encontrar saídas para a greve.

– Nesta terça vamos reunir o comando de greve e a reitoria para discutir a pauta da UEPB e esperamos que o governo do Estado nos chame para a negociação. Esperamos a sensibilidade do governador não só para a situação dos alunos, professores e funcionários, mas da sociedade como todo. Nós trabalhamos para resolver o problema e estamos fazendo a nossa parte dando visibilidade à situação. Esperamos que o governo nos chame para sentar e negociar. Se o governo tiver disposição de encontrar saídas, com certeza avança. O fim da greve depende da capacidade de o governo do Estado tomar a iniciativa e conversar conosco  – comentou.

Redacao com Paraiba Online

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais popular

T O P O