Esportes

Treze perde na Série C e agora depende do Botafogo para não ser rebaixado

Quem foi até a Curuzu nesta segunda-feira não se arrependeu. Paysandu e Treze fizeram um bom jogo, com direito a cinco gols. No fim, melhor para o Papão que venceu por 3 a 2, mantendo as chances de classificação à próxima fase da Série C e pior para o Galo que não deixou a zona de rebaixamento.

Só no primeiro tempo, o confronto teve quatro gols. Pablo, aos 13 minutos, abriu o placar para os donos da casa, os visitantes empataram com o ex-bicolor Rafael Oliveira, aos 34. Seis minutos depois, Wanderson não desviou certo e fez contra os paraibanos, que conseguiram igualar o placar novamente com Guto, aos 46 minutos. Na etapa final, aos 35 minutos, Rômulo deu a vitória aos paraenses.

paysandu

O Papão agora tem 23 pontos e segue na sétima colocação. Já o Galo mantém os 16 pontos e ainda está na nona posição. Na última rodada, o Paysandu vai até Catalão, em Goiás, enfrentar o Crac, enquanto o Treze vai receber a equipe do Salgueiro, em Campina Grande. Os dois jogos serão sábado.

E Não tem jeito. O técnico Éverton Goiano, do Treze, declarou que o clube de Campina Grande vai sim torcer e muito pelo rival Botafogo-PB na última rodada da Série C do Campeonato Brasileiro, quando a equipe pessoense enfrenta o Águia de Marabá, no interior do Pará. Isto porque o Galo disputa com o Águia quem se salva do rebaixamento e para a equipe tudo o que resta é vencer e ainda torcer por tropeço dos paraenses.

Primeiro tempo de quatro gols na Curuzu

Com as duas equipes atuando no 3-5-2, Paysandu e Treze começaram a partida buscando o gol. Com um volume de jogo maior e tendo o apoio do bom público que compareceu ao estádio, os bicolores saíram na frente. Após cobrança de falta de Pikachu, aos 13 minutos, Pablo subiu de cabeça e abriu o placar. A resposta veio aos 34 minutos. Fernandes cruzou, o goleiro Paulo Rafael não saiu bem e a bola sobrou para Rafael Oliveira que deixou tudo igual.

Seis minutos depois, Pikachu apareceu novamente. Dessa vez ele foi até a linha de fundo e cruzou com força. O zagueiro Wanderson desviou mal e a bola entrou no gol paraibano. Porém, quando parecia que os bicolores iam manter a vantagem, Guto, aos 46 minutos, cobrou falta rasteira, a bola desviou em Pablo e surpreendeu Paulo Rafael: 2 a 2.

Segundo tempo equilibrado, mas Papão arranca vitória

No segundo tempo as duas equipes voltaram com a mesma formação. O jogo começou com um ritmo menor do que o do primeiro tempo, mas ainda assim bem movimentado. Como percebeu que as coisas não iam mudar, Mazola Junior tirou o Papão do 3-5-2 e passou para o 4-3-3, trocando o zagueiro Charles pelo atacante Rômulo. O Treze também mudou com a entrada Leandro Batista no lugar de Bruno Aquino.

O cenário continuou o mesmo, até que aos 30 minutos o meia Fernandes recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso, após tentar cavar uma falta. Com um a mais em campo o Papão saiu para o ataque, Djalma cruzou para a área e o atacante Rômulo mandou de cabeça para o fundo do gol, aos 35 minutos. A partir daí os donos da casa seguraram a posse de bola até o apito final.

globoesporte

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais popular

T O P O