Brasil

Roberto Alvim é exonerado após fazer citações nazistas em vídeo

Em reação à fala de Roberto Alvim, que citou trechos de discurso do ex-ministro Joseph Goebbels, foi exonerado, nesta sexta-feira (17/01/2020), da função de secretário especial de Cultura. A pasta está ligada ao Ministério do Turismo, chefiado por Marcelo Álvaro Antônio.

Alvim usou trechos de discurso do ministro Joseph Goebbels, para anunciar o Prêmio Nacional das Artes e provocou reações.

“A arte brasileira da próxima década será heroica e será nacional. Será dotada de grande capacidade de envolvimento emocional e será igualmente imperativa, posto que profundamente vinculada às aspirações urgentes do nosso povo, ou então não será nada”, disse Alvim.

Alvim afirmou ainda que “ao país a que servimos só interessa uma arte que cria a sua própria qualidade a partir da nacionalidade plena”. “Queremos um cultura dinâmica e, ao mesmo tempo, enraizada na nobreza dos nossos mitos fundantes. Pátria, família, a coragem do povo e a sua profunda ligação com Deus amparam nossas ações na criação de políticas públicas”, emendou.

Inicialmente, o Palácio do Planalto informou que não comentaria as citações. Alvim, ao tentar se justificar, disse que o discurso em que parafraseia Goebbels foi “coincidência”.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais popular

T O P O