Notícias

Políticos e entidades destacam atuação e legado do jornalista Nelson Coelho

Autoridades, políticos e entidades lamentaram a morte do jornalista Nelson Coelho, ocorrida na noite de ontem (9), em João Pessoa. O senador José Maranhão, candidato ao governo do estado pelo MDB, cancelou sua agenda de campanha nesta sexta-feira (10) em virtude da morte do jornalista. Além de grande amigo do parlamentar, Nelson Coelho foi diretor do Jornal A União em um dos governos de Maranhão.

Em uma nota divulgada no final da noite de ontem, Maranhão disse que a morte do jornalista é uma perda irreparável não só para o jornalismo, mas para toda a sociedade paraibana.

“É com imensa tristeza que recebo, nesta quinta-feira, a notícia da morte do jornalista e grande amigo Nelson Coelho. Tive a honra de tê-lo como Diretor do Jornal A União quando estive no Governo do Estado. Um profissional que conhecia e vivenciava o jornalismo político como poucos. Um homem de conduta inigualável”, disse Maranhão na nota.

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado da Paraíba tamb ém lamentou, em nota, o falecimento de Nelson Coelho. “Profissional atuante, polêmico, intelectual e criativo, Nelson Coelho deixará saudades”, diz a nota.

O jornalista e escritor Nelson Coelho, de 76, anos morreu na noite desta quinta-feira, 9, em sua casa no bairro do Bessa, em João Pessoa. Segundo informou o filho do jornalista, George Coelho, que é prefeito de Sobrado, ele foi vítima de um infarto, mas estava muito debilitado por causa de um câncer e da depressão que o atingiu cerca de dois anos e cinco meses atrás quando a esposa faleceu.

Com problemas no fígado e pulmão, Nelson foi encaminhado pelo médico Carneiro Arnaud para realizar uma série de exames no Hospital Napoleão Laureano, mas havia obtido alta e estava em sua residência quando faleceu.

O velório está sendo realizado na Central São João Batista, no Centro de João Pessoa. O sepultamento está marcado para as 16 horas desta sexta-feira, 10, no Cemitério Senhor da Boa Sentença, no Varadouro.

Nota do senador José Maranhão:

É com imensa tristeza que recebo, nesta quinta-feira, a notícia da morte do jornalista e grande amigo Nelson Coelho. Tive a honra de tê-lo como Diretor do Jornal A União quando estive no Governo do Estado. Um profissional que conhecia e vivenciava o jornalismo político como poucos. Um homem de conduta inigualável.

A partida de Nelson é, certamente, uma perda irreparável não só para o jornalismo, bem como para toda a sociedade paraibana. Seu legado viverá para sempre.

Aos familiares, meu mais profundo pesar.

Nota do Sindicato dos Jornalistas da PB:

SINDICATO DOS JORNALISTAS PROFISSIONAIS DO ESTADO DA PARAÍBA

NOTA DE PESAR

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado da Paraíba lamenta profundamente o falecimento do jornalista e escritor Nelson Coelho da Silva, de 76 anos, ocorrido na noite desta quinta-feira, 9 de agosto, em João Pessoa.

Profissional atuante, polêmico, intelectual e criativo, Nelson Coelho deixará saudades.

O Sindicato manifesta seu profundo pesar pelo falecimento de Nelson e transmite aos familiares e amigos as condolências e solidariedade neste momento de dor.

A diretoria

 

 

 

 

 

 

 

Parlamento

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais popular

T O P O