Policial

Polícia descobre laboratório e prende “Reis de Skunks” em João Pessoa-Pb

A Polícia Civil do Estado da Paraíba, por meio da Delegacia de Repressão a Entorpecente-DRE, desarticulou um grande laboratório de drogas na capital paraibana, na madrugada desta quarta-feira (13), nos bairros do Valentina e Cabo Branco. Na ação foram presos dois homens conhecidos pelos consumidores como Reis dos Skunks.

Skunk (no Brasil, por vezes, grafado skank) refere-se a variedades de Cannabis de odor mais forte (daí o nome skunk: gambá, em português) e dotadas de maior concentração de substâncias psicoativas produzidas mediante cruzamentos de várias espécies do mesmo gênero (Cannabis sativa, Cannabis indica e Cannabis ruderalis)

Danerson Lima Coutinho e Ícaro de Carvalho Henrique possuíam dois prédios onde cultivavam Skunk em estufas-cultivo indoor. Um dos locais tinha 200 m2 de climatização, iluminação e irrigação inteligentes. Cerca de 200 pés de Skunk foram apreendidos.

Os investigados eram responsáveis por uma produção quase industrial, em que forneciam a droga pra todo o Nordeste.

O delegado Bruno Victor  deverá receber a imprensa na Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE) na Central de Policia de João Pessoa, às 11h30 desta quarta-feira (13), para mais esclarecimentos.

 

 

 

 

 

redacao com portais

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais popular

T O P O