Política

Pastor Sérgio Queiroz toma posse como secretário Especial do Desenvolvimento Social

O paraibano Sérgio Queiroz tomou posse, na tarde desta terça-feira (10), como secretário Especial do Desenvolvimento Social. A pasta, que comanda seis secretarias e os programas sociais do governo federal, entre eles o Bolsa Família, BPC, Assistência Social, Criança Feliz e Inclusão Produtiva Rural e Urbana, integra o Ministério da Cidadania.

A posse, realizada no auditório do Ministério, em Brasília, foi conduzida pelo ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, e contou com as presenças do senador Flávio Bolsonaro, de deputados e de sua esposa Samara Queiroz.

A nomeação do paraibano foi publicada no Diário Oficial da União (DOU), na última quarta-feira (04.03). Sérgio Queiroz, que é procurador da Fazenda Nacional com mais de 25 anos de dedicação ao serviço público, comandou, inicialmente, no governo federal a Secretaria Nacional de Proteção Global, que integra o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos. No início deste mês, ele aceitou o convite do ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, para assumir o comando da nova pasta, que coordena todas as seis secretarias nacionais do extinto ministério do Desenvolvimento Social, passando a ser responsável pelos programas sociais do governo federal.

Uma grande missão – Para o novo secretario Sérgio Queiroz, “tomar posse como Secretário Especial de Desenvolvimento Social do governo federal é para mim uma grande honra e uma grande missão. Aqui teremos a oportunidade de trabalhar para alcançar e beneficiar os realmente necessitados, ampliando a eficiência dos programas e contribuindo para a autonomização dos cidadãos por meio de ações de profissionalização e do empreendedorismo. O Governo Federal tem sim uma preocupação com o desenvolvimento social dos vulneráveis e eu espero contribuir para o alcance desse objetivo. Desenvolvimento econômico e social devem e vão andar de mãos dadas”, comentou.

O novo titular do cargo destacou ainda que o foco inicial do trabalho será a melhoria da gestão e a eficiência do programa Bolsa Família. “Este é um dos principais programas do Governo Federal e queremos aprimorá-lo ainda mais. Também vou trabalhar e terei atenção especial para todos os programas de inclusão produtiva, uma forma de buscarmos a dignificação da pessoa humana, por meio do trabalho e do empreendedorismo”, afirmou Sérgio Queiroz.

Competências da nova Secretaria – A Secretaria Especial do Desenvolvimento Social comanda seis secretarias, assessora o ministro da Cidadania na formulação e na coordenação de políticas, programas e ações voltados à renda de cidadania, assistência social, inclusão social e produtiva nos âmbitos rural e urbano, promoção do desenvolvimento humano e cuidados e prevenção às drogas.

A pasta coordena seis secretarias: Secretaria Nacional de Assistência Social; a Secretaria Nacional de Renda de Cidadania; a Secretaria Nacional de Inclusão Social e Produtiva Urbana; a Secretaria Nacional de Inclusão Social e Produtiva Rural; a Secretaria Nacional de Promoção do Desenvolvimento Humano; a Secretaria Nacional de Cuidados e Prevenção às Drogas. O Sistema Único de Assistência Social e as políticas nacionais de Assistência Social e de Segurança Alimentar e Nutricional também compõem parte das atribuições da secretaria.

Quem é Sérgio Queiroz – Natural de João Pessoa (PB), o novo secretário Especial do Desenvolvimento Social é servidor público federal há 26 anos e professor no ensino superior. Desde 2000, é Procurador da Fazenda Nacional em João Pessoa, mas já ocupou os cargos de Técnico da Justiça Federal e de Auditor-Fiscal do Trabalho, todos ingressados via concurso público. Ele acumula oito títulos universitários durante a sua trajetória acadêmica, entre eles as graduações em Engenharia Civil, Direito, mestrados em Filosofia e Teologia; e doutorado em Teologia pela Trinity International University (Chicago/USA). Sérgio Queiroz está em conclusão do MBA em Gestão Pública e, recentemente, iniciou o pós-doutorado em Direitos Sociais pela Universidade de Salamanca (Espanha). Participou, ainda em 2018, como membro efetivo do Grupo de Trabalho de transição do atual governo federal e, posteriormente, foi indicado para assumir a Secretaria Nacional de Proteção Global em janeiro de 2019. Agora, em março de 2020, assume a Secretaria de Desenvolvimento Social.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais popular

T O P O