Esportes

Paraibano que começou no kung fu “por acaso” chega à seleção brasileira

lucas_nascimentoFalta pouco mais de um mês para um paraibano se juntar aos melhores do Brasil no kung fu. Lucas Nascimento foi convocado para a seleção brasileira da modalidade e vai representar o país no Campeonato Latino Americano, em Portugal, em setembro. Quem vê o atleta se destacar dessa forma provavelmente não imagina o que o motivou a competir. O interesse pelo esporte surgiu de forma inusitada: através de filmes e desenhos animados.

– Eu assistia aos filmes de Jackie Chan, Jet Li, essas viagens… E desenho animado. Eu sempre fui fã de luta. Então eu soube que uma academia estava sendo aberta perto da minha casa e fui conhecer a modalidade. Comecei fazendo uma apresentação, que é outra modalidade do kung fu, e na segunda semana eu fui treinar a parte de luta, que foi bem difícil no começo, mas, com o passar do tempo, eu acabei me encantando – comentou Lucas, que tem 24 anos.

E o atleta está focado nos treinos para mostrar serviço em Portugal. Os trabalhos já estão voltados para a competição de setembro.

– Tem que ter uma preparação e os próximos treinos vão ser para melhorar ainda mais a parte física, técnica e tática para a gente poder seguir viagem e competir fora na nossa primeira convocação.

E, mesmo tendo começado a praticar o kung fu quase como uma brincadeira de criança, Lucas passou a levar o esporte a sério. Hoje o kung fu não é apenas um esporte em sua vida, mas o seu meio de sustento também.

– Eu fiz minha graduação para professor em 2010 e, hoje em dia, além de ser o meu hobby, meu esporte, aquilo que eu amo fazer, também é meu ganha pão.

Mas a carreira de Lucas no kung fu tem seus percalços. Mesmo começando a ganhar projeção nacional, o atleta tem que lidar com o problema da falta de patrocínios e banca a maior parte dos gastos que tem com treinos, viagens e competições.

– Apesar de ser a minha primeira convocação para a seleção brasileira, patrocínio é uma coisa bem difícil. Então eu ainda pago para poder levar o nome da Paraíba e do Brasil. Espero que logo eu possa ter um retorno e receber para representar o país e o estado também.

Globo Esporte Paraíba

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais popular

T O P O