Centenário de Jackson do Pandeiro

Orquestra Sinfônica Jovem homenageia Jackson do Pandeiro no Espaço Cultural

A Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba volta a homenagear o paraibano Jackson do Pandeiro, no ano do centenário de seu nascimento, iniciando o concerto desta quinta-feira (15) com a “Abertura Jack É Centenário”, composição do jovem trompetista paraibano Emanuel Barros. O 5º concerto oficial da Temporada 2019 da OSJPB começa às 20h30, na Sala de Concertos Maestro José Siqueira, no Espaço Cultural, em João Pessoa, com regência do maestro Luiz Carlos Durier e participação da violinista Lis Dália Vasconcelos como solista. A entrada é gratuita.

“Abertura Jack É Centenário” teve sua estreia mundial no concerto que encerrou a programação do Festival de Artes Jackson do Pandeiro, realizado pela Fundação Espaço Cultural da Paraíba (Funesc), no período de 25 a 28 de julho. Após a execução dessa composição de Emanuel Barros (1995), a violinista Lis Dália Vasconcelos sobe ao palco para tocar, com a orquestra, “Cenas de Ballet, Op. 100”, do violinista e compositor belga Charles de Beriot (1802-1870).

O concerto continua com “Suíte Americana, Op. 98b”, do compositor checo da Era Romântica Antonin Dvorak (1841-1904), encerrando com a execução de “Os Patinadores – Valsa Op. 183”, de autoria de Emíle Waldteufel (1837-1915), compositor francês de música popular e de obras para piano, como valsas e polcas.

Solista – Lis Dália Vasconcelos nasceu em João Pessoa (PB) e iniciou seus estudos musicais na Escola de Música Anthenor Navarro, aos 7 anos de idade, em 2005. Ingressou na Orquestra Infantil do Estado da Paraíba em 2007, sob regência da maestrina Norma Romano, e atuou como spalla e solista. De 2011 a 2015, participou do Curso de Extensão em Música e da Orquestra de Cordas do Instituto Federal da Paraíba, sob a orientação da professora Marina Marinho e, em 2015, ingressou na Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba.

Atualmente cursa o Bacharelado em Música na Universidade Federal da Paraíba, sob a orientação da professora Sandra Aquino, e exerce o cargo de spalla da Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba na Temporada 2019.

No decorrer dos seus estudos, Lis Dália participou de eventos de música como o Festival Virtuosi, em Gravatá (PE), e Festival Internacional de Música de Câmara do PPGM – UFPB. Participou de master classes com grandes violinistas, a exemplo de Cármelo de Los Santos, Yerko Tabilo, Rucker Bezerra, Guillaume Tardif, Jassen Todorov, Lucia Luke, Paul Chou e Yi – Jia Susanne Hou.

O regente – Paraibano de João Pessoa, Luiz Carlos Durier é o regente titular da Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba (OSJPB) há 22 anos. Em setembro de 2013 foi nomeado diretor artístico e regente titular da Orquestra Sinfônica da Paraíba (OSPB).

Como regente convidado, conduziu a Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte, Orquestra Sinfônica do Estado de Sergipe, Orquestra Sinfônica da UFRN e Orquestra Criança Cidadã do Recife. Durier também regeu a Orquestra de Cordas da 29ª e 30ª Oficina de Música de Curitiba. No ano de 2012, o maestro recebeu a Comenda de Honra ao Mérito, pelo desempenho profissional frente à OSPB.

Entre suas atividades, conduziu a OSPB na gravação ao vivo do CD da cantora Marinês e sua Gente e do DVD Sivuca e os Músicos Paraibanos. Com a OSPB e a OSJPB, esteve à frente de concertos com artistas populares como Ângela Rô Rô, Arnaldo Antunes, Tico Santa Cruz e Renato Rocha (Detonautas), Flávio José, Genival Lacerda, Alcione, Toninho Ferragutti, Geraldo Azevedo, Dominguinhos e Zélia Duncan.

Por cinco anos consecutivos, Luiz Carlos Durier regeu a Orquestra Sinfônica da Paraíba e a Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba em grandes concertos comemorativos ao aniversário da cidade de João Pessoa junto a artistas brasileiros. No dia 5 de agosto de 2015, as orquestras paraibanas apresentaram concerto na inauguração do Teatro Pedra do Reino, no Centro de Convenções de João Pessoa, com a participação da cantora carioca Zélia Duncan.

No ano seguinte, a apresentação teve como destaque o cantor e compositor paraibano Zé Ramalho; em 2017, as atrações foram as cantoras paraibanas Cátia de França e Nathalia Bellar, e no ano passado, o também paraibano Chico César foi o destaque. No último dia 5 de agosto, o concerto em homenagem aos 434 anos de João Pessoa foi realizado na Praça do Povo do Espaço Cultural, seguido pelo show da banda Paralamas do Sucesso.

Próximos concertos – Nos próximos dois meses, estão programados concertos da Orquestra Jovem nos dias 12 de setembro e 10 de outubro. Já a Orquestra Sinfônica da Paraíba apresenta, no próximo dia 22, concerto com regência do maestro português Osvaldo Ferreira, diretor artístico da Orquestra Filarmônica Portuguesa e da Sociedade de Concertos de Brasília, e participação do violinista paraibano Ronedilk Dantas como solista. A OSJPB volta à Sala de Concertos Maestro José Siqueira no dia 19 de setembro.

Serviço

5º Concerto Oficial da Temporada 2019 da Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba

Regente: Luiz Carlos Durier

Solista: Lis Dália Vasconcelos

Dia: 15/08/2019 (quinta-feira)

Hora: 20h30

Local: Sala de Concertos Maestro José Siqueira, no Espaço Cultural, João Pessoa

Entrada gratuita

 

 

Secom-Pb

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais popular

T O P O