Policial

Operação prende quatro por tráfico e apreende quase 500 kg de drogas

Quatro pessoas foram presas suspeitas de participar de um esquema de tráfico de drogas na Zona Sul de João Pessoa. A prisão, realizada durante operação conjunta do Grupo de Operações Especiais da Polícia Civil (GOE) com o Ministério Público da Paraíba (MPPB), resultou na apreensão de 460 kg de maconha e 14 kg de cocaína.

Segundo a polícia, a ação, iniciada na segunda-feira (17), continua nesta terça em busca de novos suspeitos. De acordo com o Ministério Público, a droga era de um dos detidos, um ex-presidiário que é suspeito de liderar a organização criminosa. Além dele, outros dois homens e uma mulher foram presos em flagrante. O MP informou ainda que a polícia tem monitorado as atividades do grupo há pelo menos três meses, numa ação controlada com o conhecimento prévio do órgão.

Ao G1, o delegado Allán Terruél disse que as investigações tiveram início quando a polícia recebeu uma denúncia de que o ex-presidiário estaria fazendo entrega de drogas. “Passamos a acompanhar essa pessoa, num trabalho de vigilância constante. Começamos a ver onde ele ia, onde dormia, o carro que ele usava. Fizemos esse acompanhamento até ele ir ao depósito fazer o carregamento [da droga]”, contou.

No dia da prisão, na segunda-feira (17), a polícia seguiu o suspeito até uma praça no bairro dos Bancários. “Ele estava fazendo a entrega de drogas nessa praça. Ele parou carro na frente e já tinha outro veículo parado. Depois começaram a passar a droga de um carro para outro. Nesse momento, a gente fez a primeira prisão”, informou.

Em seguida, os policiais foram com o suspeito até o depósito onde a droga ficava armazenada, no bairro de Valentina Figueiredo. Lá, os agentes apreenderam os 460 kg de maconha e 14 kg de cocaína e prenderam mais dois homens e uma mulher. “Esses eram os fornecedores das drogas. Nós vamos continuar as investigações para pegar outras pessoas que tenham envolvimento com o grupo”, afirmou.

A operação é realizada pelo GOE com apoio da 8ª Promotoria de Justiça Criminal do Ministério Público e do Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado (Gaeco), também do MPPB. A ação foi deflagrada pelos delegados Állan Murilo Barbosa Terruél e Karina Torres, ambos do Grupo de Operações Especiais, e contou com todo o efetivo do GOE, incluindo agentes e escrivães.

G1/Pb

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais popular

T O P O