Policial

Operação Anfíbio prende oito homens e adolescentes, em Santa Rita, PB

Ao todo, oito homens foram presos e quatro adolescentes foram apreendidos durante a terceira etapa da operação Anfíbio, realizada nesta segunda-feira (4), pelas Polícias Civil e Militar, no bairro Alto das Populares, em Santa Rita, na Grande João Pessoa. A operação visa combater o tráfico de drogas no município.

Com os suspeitos, de acordo com o tenente-coronel Pablo, da Polícia Militar, foram apreendidas quatro armas de fogo, sendo uma delas de calibre restrito, além de balança de precisão, dinheiro, uma caderneta com anotações e telefones que pertenciam à organização criminosa.

Segundo o delegado Reinaldo Nóbrega, da 7ª Seccional, os suspeitos que foram presos e apreendidos nesta segunda-feira se associavam, de forma permanente, para cometer crimes de natureza grave, como tráfico de entorpecentes e homicídios.

O tenente-coronel da PM informou que outras pessoas relacionadas a essa organização criminosa já foram identificadas e que os resultados dessa fase da operação devem contribuir para uma nova etapa.

Os presos e apreendidos, assim como o material que estava com eles, foram levados para a Central de Polícia de João Pessoa. Eles foram encaminhados para o Instituto de Polícia Científica, para fazer exame de corpo de delito, e, então, recolhidos à carceragem da Central de Polícia, onde devem aguardar audiência de custódia.

Operação Anfíbio – A primeira fase da operação foi deflagrada no dia 8 de novembro e prendeu pelo menos 15 pessoas, além de ter apreendido cerca de 34 quilos de drogas e aproximadamente 10 armas de fogo.

Alguns mandados de prisão foram cumpridos dentro de penitenciárias na Grande João Pessoa e tinham como alvo detentos que, mesmo nesses locais, comandavam o tráfico, conforme informado à época pela polícia.

Já a segunda etapa foi realizada no dia 12 de dezembro e cumpriu pelo menos 17 mandados, sendo oito de prisão e nove de busca e apreensão. Ao todo, seis pessoas que estavam em liberdade foram presas e duas que estavam em presídio foram encaminhadas para a Central de Polícia.

G1

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais popular

T O P O