Justiça

OAB-PB realizará audiência pública “pela segurança e paz”

oabA Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Paraíba (OAB-PB), realizará audiência pública “pela segurança e paz”  para ouvir a sociedade e especialistas, visando formular soluções e encaminhamentos destinados as três esferas do poder público: estadual, municipal e federal. A audiência ocorrerá as 09h da próxima quinta-feira (09), no auditório do prédio sede da OAB-PB, localizada na rua Rodrigues de Aquino, 37, Centro de João Pessoa.

Na manhã desta segunda-feira (07), o presidente da OAB-PB, Odon Bezerra, comandou reunião de trabalho para organizar e definir os detalhes do evento, que contou com a presença do conselheiro federal, Carlos Frederico Nóbegra Farias; das conselheiras estaduais Francisca Leite e Carmen Raquel; do presidente da Comissão de Políticas de Segurança e Drogas da OAB-PB, Deusimar Guedes; do presidente da Comissão Diversidade Sexual e Direito Homoafetivo, José Batista de Melo Neto; do presidente da Comissão da Criança e Adolescente, Bruno Chianca; da presidente da Comissão de Justiça do Trabalho, Cassandra Bonfim; da presidente Comissão de Eventos, Késsia Liliana; da vice-presidente da Comissão das Mulheres, Gleide Fernandes; e de Marcio Maranhão, que comanda a Comissão de Prerrogativas da Ordem.

Um dos idealizadores do evento, o conselheiro federal Carlos Frederico Nobrega Farias afirmou que “a sociedade civil precisa de proteção e paz”. “A idéia da audiência é olhar para o futuro e propor soluções que comprometam todos as esferas de poder. A violência assola o nosso país e não podemos ficar parados”, afirmou.

Odon Bezerra destaca que, após a audiência, será elaborado um documento com propostas efetivas de combate a violência e criminalidade, que será entregue ao Governo do Estado, Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) e Conselho Federal da OAB (CFOAB). O presidente ressalta que a OAB-PB já “está convidando para o evento diversas entidades que atuam na área de segurança e direitos humanos; órgãos públicos; forças de segurança; várias secretarias de Estado e municipais; sindicatos, associações, lideranças religiosas e comunitárias; além da sociedade civil de maneira geral”.

MaisPB

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais popular

T O P O