Coronavírus no Brasil

Ministério reforça necessidade de ‘distanciamento social’

O Ministério da Saúde orienta que as medidas de distanciamento social aplicadas nos estados devem ser mantidas para evitar o colapso dos sistemas locais de saúde no Brasil. A informação consta em um documento divulgado pela pasta na sexta-feira (3).

A orientação é manter o distanciamento até que o suprimento de equipamentos hospitalares e equipes de saúde estejam suficientemente disponíveis.

“Essas medidas temporárias, permitem aos gestores tempo relativo para estruturação dos serviços de atenção à saúde da população, com consequente proteção do Sistema Único de Saúde”, afirma o documento.

A pasta diz ainda que a pandemia é dividida em quatro fases epidêmicas: transmissão localizada, aceleração descontrolada, desaceleração e controle. Atualmente, o Brasil está na de transmissão localizada, com alguns locais passando para a fase de aceleração descontrolada.

São Paulo, Ceará, Distrito Federal, Rio de Janeiro e Amazonas são os estados que podem estar passando para a aceleração descontrolada.

No outros estados do país, a transmissão está acontecendo de modo restrito.

O último boletim divulgado pela pasta, às 18h de sexta, afirma que houve 359 mortes no país e 9.056 casos confirmados. Os estados com mais mortes são São Paulo, com 219, Rio de Janeiro, com 47 e Ceará, com 22.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais popular

T O P O