Política Paraibana

Lígia Feliciano defende projeto de Ricardo e não descarta candidatura ao governo

A vice-governadora Lígia Feliciano (PDT) resolveu quebrar o silêncio nesta segunda-feira (16)e falou por quase uma hora, em entrevista a um programa de rádio de João Pessoa, sobre a permanência de Ricardo Coutinho (PSB) no Governo do Estado. Com um discurso moderado, a vice-governadora defendeu a continuidade do atual projeto de governo, se colocando como parte realizadora desse projeto, mas não declarou apoio a João Azevedo (PSB), indicado por Ricardo para sucedê-lo e também não descartou a possibilidade de uma possível candidatura.

“Não quero falar em pessoas, mas em políticas públicas que mudaram a vida das pessoas. Me proponho a continuar essa ideia que mudou a Paraíba. Vejo Ricardo com ideias que transformaram a consciência das pessoas. O governo acaba, mas as políticas devem continuar. Estarei defendendo isso, independente de quem seja o candidato”, disse a vice-governadora, frustrando a expectativa da oposição.

Lígia reconheceu que tem vontade de se tornar governadora do Estado, mas disse que vai conversar com as pessoas e no tempo certo tomará uma decisão. “É uma possibilidade a candidatura. Tenho vontade de ser governadora porque eu trabalho todos os dias como vice para melhorar a vida dos paraibanos. Já tenho o apoio do meu partido e agora vou escutar as pessoas para lá na frente tomar essa decisão”, disse.

Durante o programa, a vice-governadora rebateu uma declaração do governador Ricardo Coutinho, concedida no final de semana em uma cidade do interior, em que o socialista acusou a vice-governadora de romper com o governo, na medida que o seu grupo, segundo Ricardo, “vinha montando um governo escondido”.

Lígia garantiu que sempre foi leal com o governo e que essa história não passava de fantasia e delírio de quem cercava o Palácio da Redenção. “De 2010 até aqui o PDT só se posicionou a favor do projeto, não há um ato de deslealdade. Ralei para estar onde estou e defendo a minha honra. Sempre fui leal a essa forma de governar e continuo leal ao que entendo que é certo para a Paraíba.Há muito disse-me-disse, frutrica e isso é fantasia, delírio”, defendeu.

 

 

 

 

 

 

 

Redação com Blog do gordinho

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais popular

T O P O