Justiça

Justiça aceita pedido do MPF e decreta nova prisão de Jacob Barata Filho

A juíza substituta da Sétima Vara Federal Criminal, Caroline Figueirado, aceitou o pedido do Ministério Público Federal e decretou uma nova prisão preventiva ao empresário de transportes Jacob Barata Filho pelas investigações da Operação Ponto Final. Na decisão, a magistrada argumento que o investigado não possui qualquer responsabilidade com a Justiça ao dar prosseguimento aos trabalhos nas empresas que administra, contrariado as medidas cautelares impostas pelo Supremo Tribunal Federal há três meses.

Jacob Barata chegou a ir pra cadeia em julho, mas, em agosto, foi autorizado pelo ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, a cumprir medidas cautelares que o impediam de retornar ao trabalho. Na terça-feira, Jacob Barata foi preso novamente pela Operação Cadeia Velha, que investiga um esquema de corrupção da Assembleia Legislativa do Rio. A defesa do empresário negou que ele tenha descumprido as medidas cautelares, e disse ainda que a nova prisão do empresário é ilegal. CBN

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais popular

T O P O