Copa do Mundo

Inglaterra derrota Suécia e volta às semifinais após 28 anos

Inglaterra venceu a Suécia por 2 a 0 na Arena de Samara neste sábado (7), em jogo válido pelas quartas de final da Copa do Mundo na Rússia. O resultado tira um jejum de 28 anos do time inglês, que não chegava à semifinal do Mundial desde 1990.

Na volta para o segundo tempo, a Suécia teve duas boas chances, defendidas pelo arqueiro Pickford, em mais uma grande atuação. Até que Dele Alli, aos 12 minutos marcou o segundo gol inglês. Lingard recebeu na entrada da área e cruzou de primeira, direto para Dele Alli. O meia sobiu sozinho no segundo poste e testou firme, direto para o fundo das redes.

A partir daí, a Suécia partiu com tudo para cima dos ingleses e teve mais uma chance, mas Pickford mostrou segurança e salvou o time do treinador Gary Southgage. “Quando algo dá errado em sua vida, você não termina. É preciso se tornar mais corajoso, sabendo que você tem de fazer as coisas e não se arrepender por não tentar ser tão bom quanto você pode ser”, disse o treinador.

Por isso, o treinador da seleção sub-21 que herdou a vaga no time principal quando Sam Allardyce foi afastado pelo envolvimento em um esquema que burlava regras de transferências no país, está mais forte para tentar uma vaga entre os semifinalistas, algo que a Inglaterra não consegue desde 1996. Diante da Colômbia, o time conseguiu superar os fracassos em três disputas de pênaltis em Mundiais (1990, 1998 e 2006). Embora tenha tido uma carreira mediana como jogador e treinador, Gareth Southgate superou o estigma de perdedor.

“Queremos fazer nossa própria história. A primeira vitória em mata-mata em anos, a primeira vitória em disputa de pênaltis em um Mundial, artilharia. Desde 1990 não chegamos a uma semifinal e temos ambições”, afirmou o treinador.

Outro fator que fez o treinador subir no conceito dos torcedores foi montar um time mais “malandro”, como classificou o jornal The Times após a última vitória. Embora sempre critiquem Neymar por eventuais simulações de faltas, os ingleses agiram da mesma forma diante da Colômbia. Até fizeram cera, algo incomum na tradição inglesa. “Acho que estamos ficamos mais espertos”, disse o técnico.

O grande aliado do treinador é o atacante Harry Kane, artilheiro da Copa do Mundo com seis gols e candidato a destaque do Mundial. Os dois, treinador e goleador, mostraram entrosamento e simpatia na entrevista coletiva desta sexta-feira. Parecem amigos.

A Inglaterra é a mais jovem entre as seleções na luta pelo título, com média de 25 anos – Harry Kane tem 24. Esse também era um motivo de desconfiança dos ingleses. “Talvez não tenhamos tanta sorte com lesões e essa oportunidade de novo”. (Com informações da Agência Estado)

FICHA TÉCNICA

SUÉCIA 0 x 2 INGLATERRA

Suécia: Olsen; Krafth, Lindelof, Granqvist e Augustinsson; Claesson, Ekdal, Larsson e Forsberg; Berg e Toivonen.
Técnico: Janne Andersson.

Inglaterra: Pickford; Trippier, Walker, Stones, Maguire e Young; Lingard, Henderson e Delle Ali; Sterling e Harry Kane.
Técnico: Gareth Soutgate.

Árbitro: Bjorn Kuipers (Fifa/Holanda).

Horário: 11h.

Local: Arena Samara, em Samara (Rússia).

Gols: Maguire, aos 30 minutos do primeiro tempo; Dele Alli, aos 12 minutos do segundo tempo.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais popular

T O P O