Brasil

Inadimplência diminui e atinge 62,6 milhões de brasileiros em abril

O Brasil registrou 62,6 milhões de inadimplentes em abril, dado que representa cerca de 40% da população adulta do país, segundo os dados divulgados nesta terça-feira (14) pela CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas) e SPC Brasil (Serviço de Proteção ao Crédito).

Em março deste ano, 62,7 milhões estavam nesta situação. Segundo a pesquisa, a inadimplência cresceu 2% em comparação com o mês de abril de 2018.

A sondagem mostra que houve uma queda de 1,23% na quantidade de pessoas físicas com dívidas em abril deste ano na comparação com 2018. É o quarto mês seguido em que foi registrado um recuo no indicador.

A maior parte das dívidas estão ligadas ao cartão de crédito, cheque espcial, financiamentos e empréstimos. Em seguida aparecem o comércio, o setor de comunicação e contas de água e luz.

Faixa etária – A maior parte dos inadimplentes tem de 30 a 39 anos — quase 18 milhões de pessoas destas idades estão cadastradas como devedoras.

Cerca de 43% da população com idade entre 40 e 49 anos também está negativada. Entre os mais jovens, com idade de 18 a 24 anos, a proporção cai para 16% ou 4 milhões de pessoas. Na população idosa, considerando-se a faixa etária entre 65 a 84 anos, a proporção é de 33%.

O presidente do SPC Brasil, Roque Pellizzaro Junior, diz que a faixa entre 30 e 39 anos é a em que a corrida ao crédito é inevitável. “É justamente nessa fase da vida em que a corrida ao crédito acaba sendo inevitável, pois muitos já constituíram família, possuem filhos e assumem mais compromissos financeiros. Em um momento de crise, pode ser difícil equilibrar o orçamento se não houver controle e disciplina”, afirma.

Metodologia – As informações da pesquisa consideraram as capitais e o interior das 27 unidades da federação. A estimativa do número de inadimplentes apresenta erro aproximado de 4 p.p., a um intervalo de confiança de 95%.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais popular

T O P O