Esportes

Hulk é alvo de racismo durante partida do Campeonato Russo

hulk 5

Em entrevista ao jornal russo Sport Express, o atacante Hulk afirmou ter sido alvo de racismo no empate por 0 a 0 de sua equipe, o Zenit, contra o Spartak Moscow, no último sábado (26), pelo Campeonato Russo. De acordo com o brasileiro, um grupo de torcedores imitou sons produzidos por macacos nas arquibancadas.

“No primeiro tempo, ouvi claramente pessoas entoando sons racistas em direção a mim. E não vinha de poucas pessoas. Era um grupo muito grande de torcedores”, reclamou Hulk, ao jornal.

Incomodado com os atos racistas, Hulk cobrou posicionamento enérgico da Federação Russa. “Isso é um insulto para mim e para o meu clube. Essas coisas não deveriam acontecer e as pessoas que comandam o futebol têm o dever de agir de forma rigorosa”, declarou Hulk.

O vídeo do jogo foi analisado pelos dirigentes, onde de fato foram constatadas as provocações de cunho racistas.

O caso foi levado ao Comitê Disciplinar local, que admitiu ter imagens que comprovam a acusação do atacante da Seleção Brasileira. “O delegado do jogo relatou ter ouvido insultos a Hulk aos 25 e aos 45 minutos do primeiro tempo. Já solicitamos as imagens à emissora de TV, que gravou as ofensas vindo de parte da torcida visitante”, declarou Arthur Grigor, presidente da entidade.

Com isso, o Spartak deve ser forçado a atuar de portões fechados nas próximas semanas.

 

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais popular

T O P O