Libertadores

Grêmio vai à Conmebol pedir pontos e vaga na final após “caso Gallardo”

O Grêmio vai pedir os pontos do jogo contra o River Plate, em Porto Alegre, e consequente classificação à final da Libertadores. O recurso no Tribunal Disciplinar da Conmebol vai se basear na presença de Marcelo Gallardo, treinador do clube argentino, no vestiário da Arena e comunicação com comissão técnica via rádio durante a partida mesmo com suspensão aplicada na véspera do duelo.

A tese do Grêmio é que o River infringiu o regulamento de forma severa. Aos olhos dos advogados do clube gaúcho, o caso é similar a escalação irregular de um jogador.

“Houve interferência externa de uma pessoa que estava impedida de participar do jogo. E depois, essa pessoa saiu se vangloriando. Vamos pedir a perda dos pontos do jogo”, declarou Nestor Hein, vice jurídico do Grêmio.

Uma reunião de emergência no Conselho de Administração foi chamada para definir qual será o procedimento do Grêmio. É estudada viagem ao Paraguai para entregar a denúncia.

“O River cometeu uma irregularidade que está prevista no regulamento. A incompetência da arbitragem, ao não revisar o gol (de empate, marcado por Rafael Borré) é uma coisa. O caso do técnico (Marcelo Gallardo) é objetivo, é fato e admitido publicamente”, disse Romildo Bolzan Jr., presidente do Grêmio.

Durante o jogo na Arena, Gallardo foi flagrado em contato com a comissão técnica por meio de rádio. No intervalo, o treinador desceu das cabines de imprensa e furou bloqueio para acessar o vestiário visitante. Ao ver o episódio, dirigentes do Grêmio chamaram delegados para denunciar a irregularidade. Um dos delegados do jogo aguardou a saída do técnico para registrar o caso com fotos e vídeos.

Depois da vitória de virada, e classificação à decisão, Marcelo Gallardo novamente descumpriu a punição imposta na véspera da partida pela Conmebol. O treinador deu entrevista na zona mista, admitiu que infringiu a determinação do Tribunal Disciplinar e afirmou não se arrepender.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais popular

T O P O