Paraiba

Governador ironiza e diz que vai entrar com ação para pedir ao Judiciário que determine aumento na parte do Poder Executivo

O governador Ricardo Coutinho (PSB) voltou a reagir, nesta segunda-feira (13) a suspensão da tramitação da Lei Orçamentária Anual, na Assembleia Legislativa da Paraíba, determinada pelo Poder Judiciário e ironizou avisando que também ingressará com uma ação no poder judiciário para solicitar o aumento no repasse do orçamento destinado ao executivo estadual.

Ricardo lembrou que o orçamento é uma peça em não o dinheiro vivo e que a partir dessa peça é que são feitas as projeções dentro da realidade.

Ele acrescentou ainda que o executivo foi que mais perdeu durante os últimos anos e é que tem a responsabilidade maior com o Estado inteiro, seja para pagar funcionalismo, para realizar obras ou implantar políticas públicas.

“Sobre a LOA está tudo do mesmo jeito, eu não posso fazer nada, porque se for assim eu também vou entrar no poder judiciário da Paraíba para que eles aumentem a minha parte, a parte do Estado, a parte do executivo, porque quem mais perdeu durante todos esses anos foi a parte do executivo. Se valer isso, da judicialização, eu também vou entrar na justiça para que o Estado tenha um aumento no repasse do duodécimo. Eu não sei como, porque a economia não se faz com uma peça imaginária, mas sim através das forças produtivas, mas se for dessa forma eu também vou querer que o poder judiciário ajude o poder executivo a elevar a sua receita”, arrematou.

As declarações do governador foram dadas nesta segunda-feira (13), durante evento bastante prestigiado no Espaço Cultural para anunciar a abertura do ano letivo e a expansão de escolas de tempo integral no Estado. Pb Agora

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais popular

T O P O