Esportes

Eurico Miranda vence eleição e volta à presidência do Vasco da Gama

eurico mirandaDepois de seis anos longe do poder, Eurico Miranda está de volta à presidência do Vasco da Gama. Na noite da terça-feira, ele foi eleito para o triênio 2015/16/17 com 2.733 votos – Julio Brant ficou em segundo com 1.570 e Roberto Monteiro obteve 1.153 votos, além de 120 votos entre brancos e nulos. A eleição marcou o recorde de comparecimento de associados, num total de 5.578, superando a eleição de 1985, que teve 5.535.

Para ser confirmado como novo presidente do clube, Eurico precisa ser aprovado em uma votação do Conselho Deliberativo, marcada para o próximo dia 19. A chapa dele entra com 120 cadeiras (Julio, segundo colocado, terá 30 conselheiros), além dos 150 natos (Beneméritos).

Por ser eleição indireta, o pleito elegeu apenas a chapa, o presidente e o vice da Assembleia Geral: Itamar Ribeiro de Carvalho e Jayme Loureiro Nobre Baptista, respectivamente. Se for aprovado, o que é natural no Conselho, Eurico assume a presidência vascaína no dia 1º de dezembro.

O pleito começou às 9h (de Brasília) e teve momentos de tensão, ironia e provocações, como quando o candidato Julio Brant foi votar. Ao depositar o voto, ele gritou palavras de ordem e logo Eurico Miranda rebateu com ironia: “Quem é ele? Alguém conhece?”.

A contagem dos votos demorou duas horas e vinte e quatro minutos para começar. Tudo porque as três chapas discordavam da lista entregue e à disposição para votar, assim como do processo de contagem das cédulas. Resolvido o problema, os mesários se reuniram e fizeram a contagem, que demorou três horas.

Logo na primeira urna, de um total de sete, Eurico Miranda abriu larga vantagem sobre os concorrentes Roberto Monteiro e Julio Brant. O presidente eleito ficou com 228 votos, enquanto os opositores tiveram 114 e 111 votos, respectivamente.

Conforme a contagem das urnas se sucedia (abaixo os números urna a urna), Eurico abria vantagem, e a comemoração começou a dar lugar a tensão. Alertado pela segurança do Vasco, Julio Brant deixou a sede uma hora depois do início da abertura das urnas.

Foi a senha para que correligionários de Eurico Miranda o perseguissem pelo clube. Julio Brant deixou São Januário no carro da Polícia Militar, que foi obrigada a apontar armas para os torcedores que ameaçaram o candidato.

Outro momento de tensão foi quando os simpatizantes de Eurico e Roberto Monteiro se encontraram dento do clube, causando correria e briga entre eles.

Eurico Miranda assume a presidência no dia 1º de dezembro. Na primeira passagem no comando do clube, ele tomou posse em 2001, foi reeleito para o triênio 2004/2006, permaneceu no cargo sob intervenção jurídica, e emendou um terceiro mandato até julho de 2008, quando uma decisão judicial impôs uma nova eleição.

eurico miranda2

 

 

 

 

 

Terra

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais popular

T O P O