Cidades

Comando de greve dos bancários avalia mais uma proposta apresentada pela Fenaban

FenabamOs bancários receberam na manhã desta sexta-feira (23) mais uma proposta para pôr fim à greve que já dura 18 dias. O presidente do Sindicato dos Bancários na Paraíba, Marcos Henriques, disse que o comando de greve está avaliando essa proposta. Segundo ele, há outras reivindicações além de reajuste salarial, entre elas contratação de servidores e mais segurança para os funcionários.

A proposta apresentada pela Federação dos Bancos à categoria foi a seguinte: reajuste de 10% para os salários, pagamento da Participação nos Lucros e Resultados (PLR), piso, além de 14% para os vales refeição e alimentação.

A proposta traz desconto dos dias parados ou compensação, à escolha do empregado. Segundo a Fenaban foi rompida a resistência dos bancos, que tinham por objetivo reajuste abaixo da inflação.

O Comando pediu um tempo e a negociação será retomada em breve. As rodadas de negociação específicas do Banco do Brasil e da Caixa Federal começam quando se encerrar a da Fenaban.

Apesar da decisão proferida pelo juiz Antônio Carneiro, da 2ª Vara de Fazenda Pública de João Pessoa, proibido a cobrança de juros e mora durante o período de greve dos bancários na Paraíba e determinando a disponibilização de pelo menos 30% dos funcionários para garantir a execução das atividades básicas nas unidades, Marcos Henriques disse que “esses 30% não existe na lei”.

Em caso de descumprimento da sentença, a multa diária é de R$ 10 mil. A decisão foi tomada em resposta a uma ação civil pública com pedido de liminar proposta pelos Procons da Paraíba, de Cabedelo e de Bayeux. O magistrado também ordenou que todas as instituições financeiras terão que garantir a disponibilização de envelopes para depósito e o abastecimento dos caixas eletrônicos.

 

Redação com ClickPB

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais popular

T O P O