Brasileirão Série A

Com protestos, ‘fora Zé Ricardo’ e até ‘olé’, Flamengo perde do Vitória na Ilha do Urubu e afunda na crise

O técnico Zé Ricardo está com a cabeça a prêmio.

Neste domingo, na Ilha do Urubu, o Flamengo entrou com uma escalação ofensiva para enfrentar o Vitória, criou diversas oportunidades, mas os erros nas finalizações e duas falhas individuais terminaram no triunfo dos visitantes por 2 a 0 no fechamento do primeiro turno do Campeonato Brasileiro.

O treinador do time da Gávea, agora, terá uma pressão ainda maior se continuar no comando – ainda durante a partida, torcedores gritavam “fora, Zé Ricardo” quando o placar já indicava a boa vantagem baiana.

Afinal, nesta 19ª rodada, Zé Ricardo resolveu mexer e tirou Márcio Araújo da equipe titular, colocando Willian Arão em seu lugar. Além disso, Geuvânio entrou na ponta direita, e o Fla ficou com dois meias e três atacantes.

No primeiro tempo, os 18.183 torcedores presentes à Ilha do Urubu soltaram diversos “uuuhhh” após as chances criadas. A pressão rubro-negra parecia que em algum momento seria recompensada, mas aos 45 minutos, o Vitória surpreendeu.

Arão – que completou 100 jogos com a camisa rubro-negra e foi homenageado pelo presidente Eduardo Bandeira de Mello antes do jogo – errou ao tentar afastar uma bola e a mandou nos pés de Yago, que chutou confiante e estufou as redes, sem chance de defesa para Diego Alves.

Na volta para a etapa final, sem alterações, o Flamengo perdeu o ímpeto, e o Vitória aproveitou para ampliar: Réver fez pênalti sobre Tréllez, Neilton deslocou o goleiro “pegador de pênaltis” e fez 2 a 0.

As entradas de Berrío, Vinicius Junior e Lucas Paquetá não surtiram efeito, e a torcida do Fla saiu na bronca com jogadores e técnico.

Com o segundo triunfo consecutivo desde a chegada de Vagner Mancini ao comando, o Vitória já vislumbra sair da zona de rebaixamento, agora com 19 pontos, um atrás do arquirrival Bahia – que recebe o São Paulo (19) ainda neste domingo.

Já o Flamengo estaciona nos 29 pontos, ainda em quinto, mas longe de brigar pelo título nacional – o Corinthians está com 47 pontos na liderança isolada e ainda invicto no Brasileirão.

Na próxima rodada, o Vitória recebe o Avaí, e o Fla visita o Atlético-MG – antes, pega o Palestino pela Copa Sul-Americana em casa.

 

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais popular

T O P O