Policial

Ceará tem ataques com veículos queimados e explosão de viaduto

Uma série de ataques atingiu pelo menos três cidades da região metropolitana de Fortaleza, no Ceará, na madrugada desta quinta-feira (3). Ônibus e vans foram queimados pelos suspeitos, que também incendiaram colunas que sustentam um viaduto da rodovia BR-020, que liga a capital cearense a Brasília. Nove pessoas foram detidas. Outra, segundo a polícia, está sendo investigada.

Os ataques foram feitos após a declaração do novo secretário de Administração Penitenciária do Estado, Luís Mauro Albuquerque, de que não reconhece facção criminosa no Ceará. Ele confirmou que a divisão de presos por unidades não irá mais obedecer a distribuição por vínculos com organizações criminosas.

O governador Camilo Santana, que assumiu na terça-feira (1°) o segundo mandato, para o qual foi reeleito em outubro de 2018, havia dito em janeiro do ano passado que das 441 mortes registradas nos primeiros 29 dias de 2018, 84% eram vinculadas às facções criminosas. O principal grupo criminoso do Ceará é o GDE (Guardiões do Estado).

A primeira ocorrência de incêndio se deu em um coletivo, que sofreu perda total, na Comunidade do Dendê, às 23h22, quando equipes policiais foram acionadas para o local. Em seguida, outro ônibus foi queimado no Parque Santa Rosa, e uma van, no Planalto Caucaia.

Ainda na madrugada, foi registrada uma explosão contra um dos pilares de um viaduto situado na BR-020, em Caucaia, na região metropolitana, que liga a capital a Brasília. Os suspeitos também fizeram outras avarias em câmeras de videomonitoramento municipal nos bairros Barra do Ceará e Bom Jardim, em fotossensores em Messejana, Moura Brasil e Caucaia, e contra um semáforo no bairro Quintino Cunha.

De acordo com a Ciops (Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança), disparos de arma de fogo foram efetuados contra a porta de uma agência bancária, localizada no bairro Otávio Bonfim. Um artefato de fabricação caseira foi arremessado contra um posto de combustíveis no bairro Damas — um funcionário conseguiu debelar as chamas e ninguém ficou ferido durante a ação.

No Demutran (Departamento Municipal de Trânsito) de Horizonte, suspeitos atearam fogo contra veículos que estavam no pátio da repartição. Na ocasião, cinco automóveis tiveram a perda total e um foi atingido parcialmente.

Em nota, a SSPDS (Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social) informou que nove pessoas, entre eles cinco maiores e quatro adolescentes, foram autuados sob suspeita de envolvimento nos incêndios a veículos e dano ao patrimônio público. Uma décima pessoa também foi conduzida para uma delegacia da Polícia Civil, onde foi ouvida e segue sob investigação.

“A secretaria ressalta que a cúpula da Segurança Pública e os chefes das Polícias Militar e Civil acompanham a situação das ocorrências”, disse o texto, informando que os chefes vinculados às pastas estiveram reunidos na manhã desta quinta-feira (3). As investigações estão a cargo da Draco (Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas) e as diligências seguem em andamento.

Em nota, a PRF (Polícia Rodoviária Federal) informou que interditou totalmente o viaduto em virtude de a explosão ter afetado uma das pilastras que dão sustentação à estrutura, à 0h30. As equipes da PRF fazem a sinalização no local, que sofre desvio. Os veículos estão proibidos de fazer a passagem por cima e por baixo do viaduto. “Por enquanto, não há previsão de liberação”, informaram.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais popular

T O P O