Comportamento

Brasileiros são acusados de machismo e assédio na Copa do Mundo

Um grupo de brasileiros protagonizou cenas machistas, racistas e de assédio a uma jovem estrangeira durante a Copa do Mundo da Rússia. O vídeo que circula nas redes sociais, desde a noite de sábado (16), mostra cinco homens com camisas da seleção brasileira gritando frases machistas: “b***** rosa”, diz o grupo se referindo ao órgão genital feminino da jovem.

Nas imagens (fortes e ofensivas) é possível perceber que a moça não entende o idioma português e dá risada.

O Metrópoles destaca que a jovem estrangeira foi submetida a objetificação, reduzida aos órgãos genitais, e o vídeo é uma demonstração de racismo, uma vez que, ao glorificar a cor da moça, implica-se que outros tons de pele são inferiores.

A reportagem revela que um dos integrantes do vídeo é o ex-secretário de Turismo de Ipojuca (PE), à época no PSB, Diego Valença Jatobá.

A deputada Mário do Rosário reagiu ao vídeo no Twitter:

“Risadas idiotas. Vergonha desses caras em grupo, se achando engraçados dizendo idiotices ao redor de uma garota. Façam isso com um russo bem grandão! Retuitei só pra dizer que esses babacas podem ter grana pra chegar lá mas não representam o Brasil.”
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais popular

T O P O