Campeonato Paraibano de 2018

Belo e Galo empatam no Clássico Tradição

O primeiro Clássico Tradição de 2018 teve um Botafogo-PB buscando o jogo no Almeidão e um Treze disposto a surpreender. E, se algum time ficou com a sensação de derrota, esse time foi o Galo. é que, depois de um primeiro tempo com um gol para cada lado, o Alvinegro de Campina Grande teve uma cobrança de pênalti em seu favor, já aos 43 minutos do 2º tempo. Mas Reinaldo Alagoano bateu para fora e desperdiçou a chance de dar a vitória à equipe trezeana.

O jogo já começou intenso. De um lado, o Treze assustou com Rayro. Do outro, o Botafogo-PB respondeu com Carlos Renato e, depois, com Marcos Aurélio cobrando falta e forçando Saulo a fazer uma boa defesa. E o Belo era melhor quando, aos 22 minutos, foi o Galo que abriu o placar. E numa falha de Edson. Após cobrança de escanteio, o goleiro botafoguense saiu mal, defendeu apenas parcialmente, e a bola sobrou para o zagueiro Ítalo, que cabeceou por cobertura e mandou para as redes. Depois de uma pequena desestabilizada por estar atrás no placar, o Alvinegro de João Pessoa levou um tempo para se reorganizar em campo, mas conseguiu o empate aos 35, também através de um zagueiro. Lula aproveitou cruzamento no primeiro pau e desviou de cabeça para vencer o goleiro Saulo e deixar tudo igual no placar.

Na segunda etapa, os dois técnicos foram mexendo nos seus times. E os times foram criando chances dentro de campo. Do lado do Belo, Carlos Renato seguia sendo uma das principais armas para atacar o adversário. E, no Galo, Edinho Canutama entrou e se movimentou bastante lá na frente, perturbando a defesa botafoguense. Teve Nando Cabeceando para fora, Edson salvando o Botafogo-PB em cobrança de falta de Ferreira, Saulo fazendo uma grande defesa após finalização de Netinho. Mas nenhuma chance tão clara quando a de Reinaldo Alagoano, aos 43. Depois que Allan Dias fez falta em Fábio Neves na área do Belo, o árbitro Pablo Alves marcou pênalti. Na cobrança, Reinaldo Alagoano até deslocou o goleiro Edson, mas mandou para fora. E o placar se manteve no 1 a 1.

Público pagante: 6.597

Público não pagante: 266

Renda: R$ 113.467

 

 

 

G1

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais popular

T O P O