Tech

Apple anuncia novos modelos do iPhone; veja as novidades

As novas versões da linha de celulares da Apple foram anunciadas nesta terça-feira (10) deixando o número romano de lado (olá, iPhone X) e a sopa de letrinhas dos modelos de 2018. A empresa preferiu usar iPhone 11, iPhone 11 Pro e iPhone 11 Pro Max como nome dos novos aparelhos. O modelo mais básico custará US$ 699, valor um pouco abaixo da versão XR, que chegou ao mundo custando US$ 749 no ano passado.

A grande novidade dos aparelhos é que agora as versões “Pro” funcionam com uma câmera tripla. Pois é, a Apple se rendeu e adotou um recurso já bem utilizado pela concorrência.

Confirmando os rumores, para encaixar essa terceira lente no modelo “Pro”, o design mudou muito na parte de trás. Um quadrado no canto superior passa a englobar todas as câmeras e o flash. A lente “extra” tem agora a função de ampliar o ângulo de visão.

O iPhone 11 permanece apenas com duas câmeras, mas, se levarmos em conta que ele é a nova versão do iPhone XR, trata-se de um upgrade interessante. Todas as lentes funcionam com resolução de 12 MP cada.

Haverá, ainda, um modo noturno para melhorar fotos tiradas em ambientes com pouca luz, além de um flash melhor e maior qualidade de vídeo. A câmera frontal será capaz de filmar em 4K e produzir imagens em slow motion (a 120 quadros por segundo).

Os novos aparelhos vão trabalhar com o processador A13 Bionic. O iPhone 11 estará disponível em seis cores: roxo, verde, preto, branco, dourado e vermelho.

Este modelo básico deve se tornar outro queridinho do mercado, assim como o XR no ano passado. O motivo? Principalmente o preço. Além de ser bonito e ter recebido um upgrade em processador e bateria (ela promete durar 1h a mais do que a do iPhone XR).

O iPhone 11 Pro traz um conjunto bem legal e mais avançado do que os iPhones XS e o XS Max. A promessa é de que a bateria durará bem mais em comparação com eles (4h e 5h a mais, respectivamente). Neste caso, o desafio vai ser convencer que as quatro câmeras são mesmo maravilhosas como a Apple está prometendo.

Outras novidades

Tela: toda a família manteve a média de tamanho de tela. Neste ano, não tivemos nenhum recorte neste quesito — lembra quando o XS Max surgiu como o maior iPhone já feito pela empresa?

Confira os tamanhos

iPhone 11 – 6,1 polegadas

iPhone 11 Pro – 5,8 polegadas

iPhone 11 Pro Max – 6,5 polegadas

Processador

os novos aparelhos vão trabalhar com o processador A13 Bionic.

Novo ipad

O anúncio do iPad OS também chamou atenção. De acordo com Tim Cook, chefão de Apple, muita coisa mudou: agora, o tablet também terá navegação “desktop-class” do Safari, além do suporte para Apple Pencil.

A nova geração do iPad terá uma tela de 10.2 polegadas e um display com 3,5 milhões de pixels. A empresa promete uma performance 2 vezes mais rápida. Nos Estados Unidos, o novo iPad terá preço a partir de US$ 329 (cerca de R$ 1350 na conversão direta).

O aparelho será lançado no Brasil ainda neste ano, mas o preço nacional ainda não foi divulgado.

Apple Watch

Mais uma geração do relógio da Apple ganha vida. O Apple Watch Series 5 tem destaque para a função que monitora o sono, uma bússola digital e o display de retina que fica sempre ligado – nos modelos anteriores, a tela desligava quando o usuário abaixava o braço. A promessa é de que a bateria durará o dia inteiro.

Ele vai custar a partir de US$ 399 (US$ 499 na versão com dados móveis) e estará disponível a partir de 20 de setembro. Para refrescar a memória, a geração passada chegou ao Brasil custando a partir de R$ 3.999.

Muito além de celular e relógio

A oferta de serviços tem sido cada vez mais o foco da Apple. Assinaturas de revistas, programas de TV e games se tornaram a aposta da empresa neste ano. Durante o evento, obviamente, a companhia não deixou de mostrar para o que veio.

Aproveitou que a imprensa do mundo todo estava com os olhos voltados para os novos iPhones e anunciou também mais detalhes sobre o Apple Arcade e Apple TV Plus, lançados no primeiro semestre.

O primeiro está disponível a partir desta terça por US$ 4,99 por mês. Infelizmente, apenas alguns países irão receber a novidade por enquanto — ainda bem que nós já testamos.

O segundo tem sido apelidado de “Netflix da Apple”. Ele será lançado em novembro deste ano por US$ 9,99.

SIGA NAS REDES SOCIAIS

Twitter: https://twitter.com

Instagram: https://www.instagram.com

 

 

 

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais popular

T O P O