Arte e Cultura

Após leilão, mulher decide manter compra de quadro de Banksy que se autodestruiu

Uma mulher que comprou uma pintura do artista Banksy por mais de 1 milhão de libras (cerca de R$ 5 milhões) vai ficar com o quadro, mesmo após ele ter sido destruído logo depois de ser vendido em leilão.

Minutos depois de o quadro “Menina Com Balão” ser arrematado na casa de leilão Sotheby’s, em Londres, a tela se autodestruiu.

A Pest Control, uma empresa que atua representando o misterioso artista, intitulou a obra de Love is in the Bin (O amor está no lixo, em tradução livre).

A Sotheby’s confirmou que o preço final será pago pela nova dona mesmo após a pintura ter “danificado a si própria”.

A mulher europeia que comprou o quadro, que não quer ser identificada, disse: “Num primeiro momento, fiquei chocada, mas logo entendi que teria comigo um pedaço da história da arte.”

Logo depois do leilão, um alarme soou e a tela escorregou para dentro de uma trituradora de papel escondida na moldura.

Em um post no Instagram, o artista postou um vídeo do momento da destruição, mostrando imagens de pessoas que estavam tentando comprar a obra pelo telefone em choque com o que estava acontecendo.

Não está claro como a máquina foi ativada.

Destruição planejada

Em outro post, Banksy explicou por que fez o quadro.

O vídeo mostra uma pessoa de capuz instalando a máquina na moldura. Em seguida entra uma legenda que diz “para o caso de um dia ir a leilão”.

Alex Branczik, chefe da parte de arte contemporânea da Sotheby’s, disse que a casa de leilão está “feliz de confirmar a venda da obra recém-intitulada Love is in the Bin, a primeira obra de arte da história a ser criada ao vivo num leilão”.

Love is in the Bin ficará exposta ao público na galeria da Sotheby’s em Londres durante o fim de semana.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais popular

T O P O