Política

Aplicativo feito na UFCG aponta ex-presidente da ALPB e senador como os que mais enriqueceram

Estudantes da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) e servidores do Ministério Público da Paraíba (MPPB) criaram um aplicativo que mostra o saldo do patrimônio de candidatos a deputado, senador e governador por estado. Esses declararam bens na prestação de contas ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) no período das eleições de 2010 e 2014.

Na Paraíba, o então deputado estadual Ricardo Marcelo (PP) teve o maior enriquecimento de patrimônio, com uma alta de R$ 3,8 milhões. Aguinaldo Ribeiro (PP) é o ocupante de cargo de deputado federal com a maior expansão de patrimônio: R$ 2,3 milhões.

Entre os senadores, o único atual não contabilizado é Raimundo Lira, pois em 2014 ele era suplente de Vitalzinho, que deixou o Legislativo para assumir vaga no Tribunal de Contas da União (TCU), esse tendo enriquecido R$ 87 mil. Zé Maranhão teve aumento de R$ 1,4 milhão e Cássio Cunha Lima de R$ 231 mil, em seus respectivos patrimônios.

Entre governadores, Ricardo Coutinho (PSB) teve enriquecimento de R$ 538 mil.

Já em diminuição no valor de patrimônio, aparece Caio Roberto (PRB), com redução de R$ 611 mil. Além dele, Ruy Carneiro (PSDB) teve perda de R$ 338,7 mil no valor dos bens declarados.

 

 

 

 

 

 

Parlamento Pb

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais popular

T O P O